PUBLICIDADE
Notícias

Vaticano justifica reação do papa como "muito humana e normal"

O pontífice visitava o México e, no momento em cumprimentava alguns jovens na cidade de Morelia, um paroquiano o puxou pelo braço

18:02 | 17/02/2016
NULL
NULL
Após o papa Francisco perder a paciência depois de ter seu braço puxado por um fiel, no México, o Vaticano se manifestou nesta quarta-feira, 17, e justificou a reação como "muito humana e normal".

O pontífice visitava o País e, no momento em cumprimentava alguns jovens na cidade de Morelia, um paroquiano o puxou, levando-o a quase cair sobre uma criança em uma cadeira de rodas nesta terça-feira, 16.

A Igreja ainda acrescentou que "qualquer pessoa diante de uma situação similar teria reagido desta forma, ainda mais depois de um longo dia de atividades".

Na ocasião, os seguranças que estavam ao redor do Santo Padre conseguiram evitar a queda. Ao ficar em pé, Francisco se voltou ao fiel, repetindo a frase: "Não seja egoísta".

Assista ao momento registrado em um vídeo:
[VIDEO1]

Redação O POVO Online
TAGS