PUBLICIDADE
Notícias

Obama quer impulso na segurança cibernética para substituir tecnologia "antiga"

22:30 | 09/02/2016
O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, disse nesta terça-feira, que está pedindo US$ 3,1 bilhões ao Congresso para atualizar o arcaico sistema de computadores do governo, com a finalidade de protegê-lo de ataques cibernéticos como parte de um novo esforço para impulsionar a segurança cibernética.

Obama disse que vai contratar um novo chefe de segurança da informação - mas que o salário seria insignificante na comparação com os pagos por grandes empresas - e quer expandir o problemático sistema de prevenção de invasão "Einstein". O presidente ainda disse que algumas estruturas são absolutamente antigas e que a Administração de Segurança Nacional está contando com sistemas da década de 1960, que estão vulneráveis.

Os comentários de Obama vieram na esteira da divulgação da sua proposta orçamentária de 2017. Ele está pedindo US$ 19 bilhões ao Congresso para o financiamento em segurança cibernética em todas as agências do governo, um aumento de 35% em comparação com o ano passado. Fonte: Associated Press.

TAGS