PUBLICIDADE
Notícias

Ministro de Relações Exteriores da França deve deixar o cargo

22:10 | 08/02/2016
O ministro de Relações Exteriores da França, Laurent Fabius, deve deixar o cargo nas próximas semanas - de acordo com autoridades francesas -, em um movimento que afasta um arquiteto da posição linha dura do país no Oriente Médio e na África.

O presidente da França, François Hollande, está considerando nomear Fabius para o tribunal constitucional em março, quando um dos juízes da corte se aposentar, disseram as autoridades. Fabius não quis comentar.

Espera-se que a saída do ministro levante dúvidas sobre qual será a nova orientação da política externa de Paris, que é considerada assertiva tanto em relação à campanha militar contra militantes islâmicos na África, quanto ao seu apoio aos rebeldes que se opõem ao regime de Bashar al-Assad, na Síria.

Entre os candidatos que estão sendo considerados para substituir Fabius está a ministra do Meio Ambiente, Ségolène Royal, segundo as fontes. Royal, que também é mãe dos filhos de Hollande, recentemente conduziu uma cerimônia no Arco do Triunfo para dar as boas vindas ao presidente de Cuba, Raúl Castro, em uma histórica visita de Estado do líder latino-americano.

Élisabeth Guigou, uma deputada que preside o comitê de Relações no Legislativo francês, e o ministro do Comércio, Matthias Fekl, também estão sendo considerados para a substituição, dizem as pessoas familiarizadas ao assunto. Fonte: Dow Jones Newswires.

TAGS