PUBLICIDADE
Notícias

Canadá vai encerrar missão que envolve bombas contra Estado Islâmico

15:00 | 08/02/2016
O primeiro-ministro do Canadá disse que seis aviões de combate do país vão encerrar os ataques aéreos contra militantes do Estado Islâmico no Iraque e na Síria dentro das próximas duas semanas.

Justin Trudeau disse nesta segunda-feira que as bombas canadenses vão parar de cair até 22 de fevereiro, mas o número de militares na região vai aumentar dos atuais 650 para 830. O grupo vai fornecer planejamento, segmentação e especialização de inteligência.

A contribuição do Canadá à missão contra o grupo Estado Islâmico está sendo prolongada até ao final de março de 2017.

Trudeau disse que o governo vai gastar mais de US$ 1,15 bilhão nos próximos três anos com a missão como um todo, incluindo em segurança, estabilização, ajuda humanitária e assistência ao desenvolvimento da região.

TAGS