PUBLICIDADE
Notícias

Banhista afirma que golfinho já estava morto em "selfie" fora do mar

O banhista contestou, nesta semana, em uma entrevista a "Telefe", a informação que o mamífero estava com vida durante "selfie" e afirmou que o animal já estava morto quando foi fotografado por alguns banhistas

20:33 | 18/02/2016
NULL
NULL

O turista Hermán Coria que afirmou estar na praia argentina onde um filhote de golfinho morreu no início deste mês, contestou, nesta semana, em uma entrevista a "Telefe", emissora de TV argentina, que o mamífero estava com vida durante "selfie" e disse que o animal já estava morto quando foi fotografado por alguns banhistas. As informações do site Extra.

“Eles queriam tocar e agarrar o golfinho. Tudo durou cinco minutos, e ele chegou morto na costa. Levaram o animal para o mar, mas ele não voltou”, disse na entrevista o turista. Na quarta-feira, 17, a Fundação Vida Silvestre Argentina denunciou que o mamífero não sobreviveu por ter ficado muito tempo fora de seu hábitat natural e porque demorou ser devolvido ao mar pelos turistas.

Na mesma entrevista, segundo o site, o turista contou também que havia muitos animais mortos na costa argentina porque a temperatura da água do mar estava quente. “Naquele dia, se você fosse para o lado de Las Toninas você encontrava vários golfinhos mortos”, falou à emissora.

Outra testemunha

Contrariando a denúncia de “selfie” com o filhote em que diversos portais de notícias publicaram, outro homem que disse estar presente no momento do incidente, afirmou que o animal já estava morto quando foi retirado do mar pelos banhistas.

[FOTO2]

As imagens que possivelmente comprovam a declaração do homem, foram publicas em um vídeo do YouTube.

Assista ao vídeo:

[VIDEO1]

                                                                                         Redação O POVO Online

TAGS