PUBLICIDADE
Notícias

Após explosão, avião realiza pouso de emergência na Somália

22:35 | 02/02/2016
Uma explosão e um incêndio abriram um buraco na fuselagem de um avião comercial, forçando a aeronave a realizar um pouso de emergência no aeroporto internacional de Mogadiscio, na Somália, nesta terça-feira, de acordo com autoridades e testemunhas.

Os 74 passageiros e a equipe de bordo evacuaram a aeronave após o pouso, segundo o oficial de aviação da Somália, Ali Mohamoud. Duas pessoas ficaram levemente feridas.

O avião, operado pela Daallo Airlines e que tinha Djibuti como destino, foi forçado a pousar minutos depois da decolagem no aeroporto de Mogadiscio, disse Mohamoud.

De acordo com o jornal Blic, de Belgrado, o piloto Vladimir Vodopivec, de origem sérvia, teria dito que acreditava que a explosão foi causada por uma bomba.

"Eu acho que foi uma bomba", disse. "Por sorte, os controles de voo não foram danificados, então eu pude pousar no aeroporto. Isso nunca aconteceu na minha carreira. Nós perdemos pressão na cabine. Graças a Deus isso acabou bem", disse o piloto de 64 anos.

O vice-embaixador da Somália para a Organização das Nações Unidas (ONU), Awale Kullane, afirmou que ouviu um barulho alto e não pode ver nada além de fumaça por alguns minutos, em sua conta no Facebook. "Quando a visibilidade retornou, eles perceberam que 'um pedaço' do aeroporto estava faltando", disse.

Kullane, que estava indo para o Djibuti para participar de uma conferência de diplomatas, também postou um vídeo mostrando alguns passageiros colocando máscaras de oxigênio no avião. Depois, a publicação foi removida da sua página no Facebook.

"Há apenas duas coisas que poderiam ter feito um buraco no avião que parece com uma das fotos que estão circulando na internet: uma bomba ou uma ruptura causada por uma falha na parte externa do avião", disse John Goglia, especialista em segurança aérea. Fonte: Associated Press.

TAGS