PUBLICIDADE
Notícias

Kerry: Dinheiro iraniano liberado com fim das sanções pode ir para terroristas

16:25 | 21/01/2016
O secretário de Estado dos Estados Unidos, John Kerry, afirmou hoje que parte dos recursos iranianos que foram descongelados com o fim dos embargos econômicos ao país pode acabar nas mãos de grupos considerados terroristas.

Kerry, que participa do Fórum Econômico de Davos, disse, no entanto, que ainda não viu indícios de que isso tenha acontecido.

"Acredito que parte irá acabar nas mãos de grupos como a Guarda Revolucionária Iraniana ou de outros grupos", disse. Ele também criticou estimativas de que o montante agora disponível ao governo de Teerã pode chegar a US$ 150 milhões. Para ele, US$ 55 bilhões é uma previsão mais correta. Kerry também afirmou que o Irã precisa de mais de US$ 500 bilhões para modernizar sua infraestrutura, além de outros US$ 100 bilhões para renovar seu parque petroleiro.

Ele também minimizou críticas sobre o uso exagerado de sanções pelos Estados Unidos, feitas pelo governo iraniano. No domingo, a Casa Branca anunciou novas sanções contra Teerã pelo teste com mísseis balísticos. O ministro das Relações Exteriores, Javad Zarif, disse que as sanções eram ilegais e que o país se tornou "viciado em coerção".

"Acreditamos que utilizamos judiciosamente e efetivamente (as sanções)", afirmou Kerry. Fonte: Associated Press.

TAGS