Iraque se oferece para mediar conversas entre o Irã e a Arábia SauditaNotícias do Mundo
PUBLICIDADE
Notícias


Iraque se oferece para mediar conversas entre o Irã e a Arábia Saudita

11:05 | 06/01/2016
O ministro de Relações Exteriores do Iraque, Ibrahim al-Jaafari, se ofereceu nesta quarta-feira para atuar como mediador para tentar resolver as tensões diplomáticas entre o Irã e a Arábia Saudita, que se intensificaram depois que o reino executou um clérigo xiita e manifestantes iranianos, em resposta, atearam fogo na embaixada da Arábia Saudita em Teerã. Os acontecimentos levaram o reino a cortar relações diplomáticas com o Irã e chamar de volta seus embaixadores.

Jaafari fez o anúncio durante uma entrevista coletiva ao lado do chanceler iraniano, Mohammad Javad Zarif, transmitida ao vivo pela televisão estatal iraniana.

Algumas nações árabes sunitas seguiram o exemplo dos sauditas e cortaram ou diminuíram seus laços diplomáticos, enquanto outras ofereceram palavras de precaução destinadas a acalmar a situação.

O ministro referiu-se à execução do clérigo Nimr al-Nimr como um "crime", uma descrição que levantou a dúvida se as autoridades sauditas irão considerar tal oferta. O reino e seus aliados dizem que al-Nimr foi executado depois de ser julgado como terrorista e condenado à morte sob a lei saudita.

"Essa responsabilidade foi dada a nós e temos sido ativos desde os primeiros momentos para que as tensões sejam reduzidas e evitar que um desastre aconteça, o que poderia afetar toda a região", disse Jaafari.

A Rússia também se ofereceu como mediador, embora não esteja claro se as autoridades sauditas ou iranianas responderam à proposta. Fonte: Associated Press.

TAGS