PUBLICIDADE
Notícias

Grécia exige que imigrantes declarem seu destino final

17:45 | 21/01/2016
O governo grego vai exigir que todos os refugiados que chegam ao país pedindo asilo para a União Europeia informem o seu destino final. A medida também foi adotada por Eslovênia e Macedônia, na tentativa de colocar ordem sobre os fluxos migratórios no continente.

"Desde quinta-feira, aqueles que querem pedir asilo terão que informar seu destino final para poder cruzar a fronteira, e isto ficará registrado nos documentos oficiais", disse uma autoridade grega. "Aqueles que se recusarem a declarar onde pretendem pedir asilo não terão permissão para sair do país."

A Grécia tem sido uma porta de entrada para refugiados na Europa. Cerca de 857 mil pessoas já adentraram o continente europeu pela Grécia. Outros milhares morreram ao tentar atravessar o Mar Mediterrâneo. Segundo dados das Nações Unidas, mais de 35 mil refugiados chegaram à Grécia desde o início do ano.

Ontem, o governo austríaco disse que irá impor um limite de 37,5 mil ao número de refugiados que o país receberá este ano. O anúncio deixa a Alemanha cada vez isolada em sua política de portas abertas aos imigrantes.

Segundo o chanceler Werner Faymann, a medida é uma "solução de emergência". Fonte: Associated Press.

TAGS