PUBLICIDADE
Notícias

Governo de Portugal permanece disposto a "acabar com a austeridade"

22:25 | 29/01/2016
O primeiro-ministro de Portugal, Antonio Costa, disse que vai procurar acomodar as preocupações das autoridades europeias sobre o plano de gastos do seu governo para este ano, mas não vai desistir da sua promessa de encerrar a austeridade no país altamente endividado.

Costa disse a parlamentares que o seu governo será "construtivo" nas conversas com a Comissão Europeia. Ao mesmo tempo, ele disse que vai "manter-se fiel" a sua recente promessa de mudar o foco do governo de redução de dívida para crescimento econômico e criação de empregos.

As autoridades europeias querem que Lisboa continue cortando os gastos. O objetivo é reduzir o fardo da dívida que forçou Portugal a pedir por um pacote de resgate de 78 bilhões de euros (US$ 85 bilhões) em 2011. Fonte: Associated Press.

TAGS