Extrema-esquerda deixa de apoiar Mas e coloca em xeque separação da CatalunhaNotícias do Mundo
PUBLICIDADE
Notícias


Extrema-esquerda deixa de apoiar Mas e coloca em xeque separação da Catalunha

14:45 | 03/01/2016
Um pequeno partido de extrema-esquerda votou contra a recondução do político Artur Mas como líder do parlamento regional da Catalunha, travando temporariamente o processo de independência da poderosa região da Espanha.

Mas lidera o bloco separatista "Juntos para o Sim", uma aliança que ganhou 62 dos 135 assentos do parlamento regional e precisava de mais 10 assentos conquistados pelo partido Candidatura de Unidade Popular (CUP) para assegurar uma maioria viável.

Após três meses de debates, os membros do CUP decidiram não apoiar Mas como líder da coalizão separatista. Embora os membros do partido esquerdista sejam favoráveis à secessão, eles avaliam que Artur Mas não é capaz de conduzir o processo.

O porta-voz do CUP, Sergi Saladie, disse que era possível que o partido reconsiderasse sua posição caso alguém que não Mas fosse nomeado como líder do governo regional. Fonte: Associated Press.

TAGS