PUBLICIDADE
Notícias

David Bowie planejava outro disco depois de "Blackstar"

As pessoas que atuaram ao lado do cantor disseram ao New York Times que ele trabalhou até os últimos dias, tanto nos clipes, na produção teatral e no disco

08:57 | 18/01/2016
NULL
NULL
David Bowie ligou para o produtor Tony Visconti cerca de uma semana antes de morrer, no último dia 10, dizendo que gostaria de fazer um novo álbum depois de "Blackstar". Visconti trabalhava com o músico desde "Space Oddity" (1969) e soube da doença de Bowie há um ano, nas justamente nas gravações de "Blackstar", lançado em 8 de janeiro.

"Eu estava muito animado e achava, assim como ele, que ele teria pelo menos mais alguns meses", afirmou Visconti à revista Rolling Stone. Para o produtor, a morte foi muito repentina. "Não tenho certeza, mas ele deve ter adoecido muito rapidamente depois daquele telefonema".

Segundo o produtor, David ia ao estúdio sem sobrancelha ou cabelo, por causa da quimioterapia. As pessoas que atuaram ao lado do cantor disseram ao New York Times que ele trabalhou até os últimos dias, tanto nos clipes, na produção teatral e no disco.

[SAIBAMAIS 4] "Alguns dias ele não tinha disposição para trabalhar, mas, quando tinha, o câncer não interferia", explicou o produtor do teatro, Robert Fox, ao Guardian.

O diretor dos clipes do último álbum, Johan Renck, contou que as gravações de "Blakcstar" e "Lazarus", em estúdio no Brooklyn, duraram cinco horas, pois era o que o músico aguentava.

Redação O POVO Online
TAGS