PUBLICIDADE
Notícias

Coreia do Norte detém estudante dos EUA acusado de cometer "atos hostis"

10:45 | 22/01/2016
A Coreia do Norte anunciou nesta sexta-feira a detenção de um estudante universitário dos EUA acusado de ter praticado "ato hostil" orquestrado pelo governo norte-americano para minar a nação autoritária.

Segundo a agência estatal notícias, a KCNA, o aluno Otto Frederick Warmbier da Universidade de Virginia entrou no país sob o disfarce de um turista e conspirou para destruir a unidade norte-coreana com "a conivência tácita do governo dos EUA e sob a sua manipulação". A agência destacou que atualmente ele está sob investigação.

Em um breve relatório, a agência de notícias disse que "o estudante foi detido quando estava realizando atividades hostis", sem dar mais detalhes e nem dizer quando que o rapaz foi detido.

Os termos "atividades hostis" já foram utilizados pelas autoridades norte-coreanas contra vários estrangeiros detidos no passado, incluindo missionários, e envolve acusações como espionagem.

Uma empresa de turismo com sede na China especializada em viagens à Coreia do Norte, a Young Pioneer Tours, confirmou que um de seus clientes, identificado apenas como "Otto" havia sido detido em Pyongyang, capital do Norte, mas não forneceu outros detalhes.

A Coreia do Norte acusa regularmente Washington e Seul de enviarem espiões para "derrubar seu governo e permitir que o governo sul-coreano, apoiado pelos EUA, controle toda a Península Coreana". Fonte: Associated Press.

TAGS