PUBLICIDADE
Notícias

Rússia remove urânio enriquecido do Irã, diz diplomata

21:20 | 28/12/2015
O Irã cumpriu um requisito fundamental de um acordo nuclear com seis potências globais ao permitir que Moscou transfira a maioria de seu urânio enriquecido para a Rússia, disse um diplomata russo sob condição de anonimato.

Sob o acordo fechado em 14 de julho, o Irã deve embarcar quase nove toneladas de urânio de baixo enriquecimento que tem estocado, ficando com apenas 300 quilos do material. O urânio de baixo enriquecimento pode ser usado para geração de energia, mas também pode ser ainda mais enriquecido para armar ogivas nucleares.

Sua remoção é uma obrigação aceita pelo Irã que tem como finalidade a redução da sua habilidade de desenvolver armas nucleares - algo que Teerã afirma não ter interesse. No acordo, o Irã também se compromete a reduzir o número de centrífugas que são usadas para enriquecer urânio.

Em troca, a maioria das sanções impostas sobre Teerã pelos países ocidentais serão suspensas. Isso deve acontecer depois que a Agência InternaciOnal de Energia Atômica da ONU confirmar que o Irã cumpriu as exigências do acordo. Espera-se que isso aconteça no próximo mês. Fonte: Associated Press.

TAGS