PUBLICIDADE
Notícias

França obriga supermercados a doarem alimentos não vendidos

A medida entra em vigor no dia 13 de janeiro. Cada francês desperdiça, em média, de 20 a 30 quilos de alimentos

14:26 | 28/12/2015
NULL
NULL
Os supermercados franceses terão que doar para moradores de rua aqueles alimentos que não podem mais ser vendidos por estarem próximo à data de vencimento. O Parlamento aprovou a Lei por unanimidade.

Os supermercados devem assinar contratos com instituições de caridade para as quais vão doar os alimentos. Quem não cumprir, pode pagar multa de 75 mil euros ou dois anos de prisão.

A Lei entra em vigor no dia 13 de janeiro e pretende acabar com a prática de destruição de alimentos.

O diretor da Federação do Comércio e da Distribuição da França, Jacques Creyssel, criticou o projeto: "A lei é incorreta, tanto em seu alvo, quando em seu intuito, já que as grandes lojas representam apenas 5% dos desperdícios de comida".

Cada francês desperdiça, em média, de 20 a 30 quilos de comida anualmente. A nova medida faz parte de um de um esforço da França para resolver a questão até 2025. Desde 2014 os supermercados promovem o consumo de frutas e legumes considerados "feios", dando até 30% de desconto.
Redação O POVO Online
TAGS