PUBLICIDADE
Notícias

Explosões deixam mortos e centenas de feridos na China

17:42 | 12/08/2015
Incidente em área industrial de Tianjin, uma das maiores cidades do país, deixa ao menos sete mortos e 300 feridos. Segundo a mídia, impacto é sentido a quilômetros de distância, quebrando janelas e derrubando portas. Explosões de grande proporção numa área industrial da cidade portuária de Tianjin, no norte da China, deixaram ao menos sete mortos e 300 feridos na noite desta quarta-feira (12/08), disseram a mídia e autoridades chinesas. A emissora estatal Beijing News disse em seu site que entre 300 e 400 pessoas foram internadas em hospitais da cidade, a leste de Pequim. De acordo com a polícia de Tianjin, ao menos sete pessoas morreram. As explosões, que foram sentidas a quilômetros de distância, teriam quebrado janelas e derrubado portas na vizinhança. Segundo a polícia em Tianjin, uma primeira explosão ocorreu no fim da noite de quarta-feira em contêineres num armazém para materiais perigosos, de propriedade de uma empresa de logística. A Agência Nacional de Terremotos noticiou a ocorrência de duas explosões pouco antes da meia-noite. A magnitude da primeira seria equivalente a detonar três toneladas de TNT, e a da segunda, a 21 toneladas do explosivo. Segundo a agência de notícias estatal Xinhua, uma primeira explosão liberou bolas de fogo, que provocaram uma onda de explosões na área. Fotos que circulam na internet mostram uma gigantesca bola de fogo no céu, com uma nuvem de fumaça em forma de cogumelo. De acordo com a CCTV, seis batalhões de bombeiros, com cerca de cem caminhões, foram enviados ao local e conseguiram controlar o fogo no local. Os bombeiros estariam buscando eventuais feridos na vizinhança. Tianjin, a 140 quilômetros da capital, é uma das maiores cidades do país, com cerca de 15 milhões de habitantes. LPF/ap/rtr/afp
TAGS