PUBLICIDADE
Notícias

Transocean pagará US$ 211 milhões por vazamento no Golfo do México em 2010

20:20 | 20/05/2015
Um comitê de advogados representantes de empresas e pessoas que entraram com pedidos de indenização por causa do vazamento de óleo no Golfo do México em 2010 anunciou um acordo de US$ 211 milhões nesta quarta-feira com a Transocean, proprietária da plataforma de exploração Deepwater Horizon.

A BP havia obtido o leasing da plataforma da Transocean. Em abril de 2010, uma explosão na plataforma matou 11 trabalhadores e causou um vazamento de óleo no Golfo do México durante 87 dias.

As decisões do tribunal colocam a maior parte da responsabilidade para o desastre sobre a BP. Mas a Transocean e a empreiteira Halliburton, sediada em Houston, também foram responsabilizadas em parte. A Halliburton chegou a um acordo de US$ 1 bilhão com os querelantes no caso no ano passado.

A informação sobre o acordo preliminar não foi ainda apresentada ao tribunal federal de Nova Orleans, de onde o caso é presidido. Segundo os querelantes, o acordo é de "quase US$ 211,8 milhões".

O acordo envolverá duas classes de empresas e pessoas. Uma já é parte do acordo que a BP fechou com os querelantes no caso, em 2012. O segundo conjunto é formado por aqueles que por várias razões não foram incluídos no pacto anterior. Um porta-voz da BP divulgou um comunicado, dizendo que a companhia estava satisfeita com o fato de um acordo ter sido fechado. Fonte: Associated Press.

TAGS