PUBLICIDADE
Notícias

Oposição russa diz que 220 soldados da Rússia morreram lutando na Ucrânia

21:00 | 12/05/2015
Ativistas da oposição da Rússia publicaram um relatório que segundo eles prova que o regime russo está profundamente envolvido na guerra da Ucrânia. A versão se contrapõe à da imprensa oficial russa, que representa a violência na Ucrânia como um levante local contra o governo de Kiev.

O proeminente dissidente Boris Nemtsov estava trabalhando no relatório, no momento de seu assassinato em fevereiro. A partir de relatos da imprensa, testemunhas de parentes e outros representantes de soldados mortos e de fontes confidenciais, o relatório sustenta que centenas de soldados russos morreram na guerra, que já custou à Rússia centenas de milhões de dólares.

O ativista oposicionista Ilya Yashin, que apresentou o relatório em Moscou, disse que estimativas conservadores mostram que pelo menos 220 soldados russos morreram em dois confrontos no leste ucraniano no ano passado. Segundo ele, o número de mortos deve ser bem maior, mas foram computados apenas as mortes confirmadas.

O Ministério da Defesa russo nega que qualquer de seus soldados tenham lutado na Ucrânia. Fonte: Associated Press.

TAGS