PUBLICIDADE
Notícias

Italiano que desligou duas vezes um telefonema do Papa pede desculpas

O papa costuma ligar para pessoas doentes para oferecer consolo e na segunda-feira foi a vez do italiano, que achou que estava sendo avo de um trote e desligou o telefone em duas ocasiões

14:10 | 30/04/2015

Um italiano que bateu duas vezes o telefone na cara do papa Francisco, por achar que se tratava de um trote, se apresentou nessa quarta-feira, 29, no Vaticano para pedir desculpas ao pontífice, informou o jornal l'Osservatore Romano.

Jorge Bergoglio costuma ligar para pessoas doentes para oferecer consolo e na segunda-feira foi a vez de Franco Rabuffi receber o telefonema.

Rabuffi, no entanto, achou que estava sendo avo de um trote e desligou o telefone em duas ocasiões. Na terceira vez, ficou em dúvida e atendeu. "Fiquei sem palavras, mas Francisco veio em minha ajuda e me disse que o que aconteceu era engraçado", contou.

Rabuffi foi com sua esposa à audiência-geral do Vaticano para apresentar suas desculpas ao pontífice.

 

AFP

TAGS