PUBLICIDADE
Notícias

+ Ao vivo: França encontra destroços do voo da Germanwings +

09:03 | 24/03/2015
Airbus A320 da companhia aérea alemã cai no sul da França. Não há sobreviventes entre as 150 pessoas a bordo, incluindo passageiros e tripulação. Uma aeronave Airbus A320 da companhia aérea Germanwings caiu no sul da França na manhã desta terça-feira (24/03), segundo a polícia e autoridades de aviação francesas, com 144 passageiros a bordo, dois pilotos e quatro comissários de bordo. O acidente aconteceu perto da cidade francesa de Digne-les-Bain, na região Alpes-de-Haute-Provence, nos Alpes franceses. O voo 4U-9525 fazia a conexão entre Barcelona, na Espanha, e Düsseldorf, na Alemanha. O presidente da França, François Hollande, disse não haver esperança de que haja sobreviventes. Segundo as autoridades de aviação da Espanha, o voo decolou de Barcelona às 9h55 (horário local). Ele deveria chegar a Düsseldorf às 11h55. Confira as informações atualizadas sobre o acidente: (Clique em Alt + F5 /Horário da França) 15:07 Thomas Winkelmann, CEO da Germanwings, concede neste momento uma entrevista coletiva. Ele diz que a lista de vítimas só será divulgada após familiares serem contatados. ______________________________________________________ 14:57 O porta-voz do Ministério francês do Interior, Pierre-Henry Brandet, confirmou que os destroços do avião foram localizados a 2 mil metros de altitude, nos Alpes. Ele disse que as buscas e as operações de resgate devem ser "extremamente longas e difíceis", pois o acidente ocorreu em uma área remota. ______________________________________________________ 14:50 Equipes de atendimento emergencial estão de prontidão no aeroporto de Düsseldorf para dar assistência a parentes de vítimas. O aeroporto de Barcelona também colocou equipes à disposição de familiares. ______________________________________________________ 14:39 Chanceler federal alemã, Angela Merkel, faz um pronunciamento. Ela disse que o acidente foi um "choque" e que viajará nesta quarta-feira ao local da queda do avião. Segundo a chanceler federal, os governos da Alemanha, França e Espanha unirão esforços para ajudar nos resgate e nos esclarecimentos sobre as causas da queda do 4U-9525. ______________________________________________________ 14:20 O governo francês diz que não há sobreviventes. Havia 144 passageiros a bordo, dois pilotos e quatro comissários de bordo. ______________________________________________________ 14:15 Há muita tensão nos aeroportos de Barcelona e de Düsseldorf, onde parentes de passageiros buscam informações sobre o voo que caiu no sul da França. ______________________________________________________ 14:09 Germanwings e Lufthansa estão usando suas logos nas mídias sociais na cor negra, em luto. ______________________________________________________ 14:07 Segundo autoridades francesas, o avião teria caído 14 mil pés (4.267 metros) em seis minutos. ______________________________________________________ 14:02 A Germanwings disponibilizou uma linha de telefone na Alemanha para que parentes das vítimas possam buscar informações gratuitamente: 0800 11 33 55 77. ______________________________________________________ 13:53 "Com as informações que temos disponíveis agora, não podemos dizer se há sobreviventes ou quantos eles devem ser", declarou o chefe-executivo do Germanwings por meio de um comunicado. ______________________________________________________ 13:50 A Germanwings corrigiu o número de pessoas a bordo do 4U9525: havia 144 passageiros e seis tripulantes, subindo para 150 o número de vítimas do acidente com o Airbus. As autoridades da França tinham falado em 142 passageiros e seis tripulantes assim que as primeiras informações sobre o acidente foram confirmadas. ______________________________________________________ 13:48 Segundo as autoridades francesas, o avião emitiu um sinal de emergência às 10h47. ______________________________________________________ 13:40 Equipes de resgate estão se deslocando para o local do acidente, na comuna francesa de Méolans-Revels, na região de Alpes-de-Haute-Provence. ______________________________________________________ 13:36 Governo alemão enviará especialistas em segurança aérea, além do ministro de Transportes, para a região do acidente. ______________________________________________________ 13:31 Ministério francês do Interior afirma que destroços foram localizados a 2 mil metros de altitude. ______________________________________________________ 13:25 De acordo com o site flightradar24.com, o avião estava a 38 mil pés (11.582 metros), e o contato foi perdido a uma altura de 5 mil pés (1.524 metros). O acidente ocorreu na região Alpes-de-Haute-Provence, nos Alpes franceses. ______________________________________________________ ______________________________________________________ 13:21 Germanwings e Airbus disseram estar cientes das informações sobre a queda do avião, mas ainda não podem confirmá-los. ______________________________________________________ 13:17 Segundo informações do porta-voz da vice-primeira-ministra espanhola Soraya Saenz, havia 45 espanhóis a bordo. ______________________________________________________ 13:14 O primeiro-ministro francês, Manuel Valls, disse que um grupo de crise foi montado para coordenar os trabalhos ______________________________________________________ 13:11 O ministro francês do Interior, Bernard Cazeneuve, foi para a região do acidente. ______________________________________________________ 13:09 O ministro alemão do Exterior, Frank-Walter Steinmeier disse que esta era uma "notícia terrível" e declarou: "Nosso pensamento está com aqueles que temem pela vida de seus parentes". Acredita-se que seja grande o número de passageiros alemães a bordo. ______________________________________________________ 13:04 Segundo informações das autoridades alemãs, a queda teria acontecido por volta das 10h40. ______________________________________________________ 12:51 As causas do acidente são desconhecidas. O avião seria uma das versões mais antigos do modelo A320 e teria sido entregue em 1990. ______________________________________________________ 12:45 Pelo Twitter, Lufthansa, empresa da qual a Germanwings é subsidiária, afirma não saber o que aconteceu com o voo 4U2595. "Se nossos temores forem confirmados, este é um terrível dia para a Lufthansa. Esperamos encontrar sobreviventes", escreveu o CEO da empresa, Carsten Spohr. Autor: Mariana Santos
TAGS