PUBLICIDADE
Notícias

Novas sanções dos EUA podem prejudicar negociações com Irã e Síria, diz Rússia

16:10 | 30/12/2014
O Ministério das Relações Exteriores da Rússia disse nesta terça-feira que as recentes sanções impostas pelos Estados Unidas contra Moscou podem prejudicar a cooperação nas negociações sobre o programa nuclear no Irã e sobre os conflitos na Síria.

"As ações dos Estados Unidos nos leva a questionar as perspectivas da cooperação bilateral em resolver o problema do programa nuclear iraniano, a crise na Síria e outros problemas interfaciais urgentes", afirmou o ministério, em um comunicado.

Na segunda-feira, o Departamento de Estado americano impôs sanções contra quatro russos por violações de direitos humanos. De acordo com o órgão, eles não podem entrar em território americano e qualquer ativo que tenham no país foi congelado.

A ação é o mais recente sinal de agravamento da relação entre Washington e Moscou. Nos últimos meses, a Rússia tem enfrentado contundentes sanções econômicas devido à sua interferência na Ucrânia. Trinta e quatro russos estão agora incluídos na lista de restrições.

Em resposta, o governo russo também afirmou ainda que "Washington mais uma vez parece usar duas medidas a respeito de violações de direitos humanos enquanto fecha os olhos para uma situação nos Estados Unidos que é muito longe de ser exemplar". O ministério afirmou que até pouco tempo, os serviços de segurança americanos tinham o direito de realizar formas medievais de tortura e que policiais escaparam de punições por "matar pessoas apenas por causa de sua cor de pele diferente".

TAGS