PUBLICIDADE
Notícias

Ataque suicida em funeral mata ao menos 9 no Afeganistão

09:00 | 01/12/2014
O ataque de um suicida nesta segunda-feira matou ao menos nove pessoas durante o funeral de um chefe tribal pró-governo no norte do Afeganistão, disseram autoridades. Trata-se da mais recente ação terrorista em meio ao forte aumento da violência insurgente no país.

O suicida detonou seu colete com explosivos em meio a uma grande quantidade de pessoas que participavam do funeral do líder tribal Hakim Bay, no distrito de Burka, província de Baghlan, informou o chefe de polícia provincial, general Aminullah Amarkhil.

"Nove pessoas, dentre elas dois policiais, foram mortas e 18 pessoas ficaram feridas no ataque suicida", afirmou Amarkhil.

Nenhum grupo havia assumido a responsabilidade pelo ataque. O porta-voz do Taleban não havia respondido aos pedidos de comentário sobre o caso.

Suicidas do Taleban costumam atacar forças de segurança e instalações do governo, mas não costumam assumir ataques realizados contra civis.

No dia 23 de novembro, simpatizantes do Taleban assumiram a responsabilidade por um ataque contra um evento esportivo na província de Paktika, leste do país, que matou mais de 50 pessoas, a maioria civis, afirmando que o alvo eram membros da polícia afegã local, que trabalhava no local durante o evento.

Nas duas últimas semana, Cabul registrou mais de dez ataques. Fonte: Dow Jones Newswires.

TAGS