PUBLICIDADE
Notícias

Soldados israelenses matam palestino em protesto

10:50 | 11/11/2014
Soldados israelenses mataram um manifestante palestino em confronto na Cisjordânia nesta terça-feira, na cidade de Hebron. Cerca de 150 palestinos integravam o protesto e atiravam pedras e coquetéis molotov em militares, de acordo com o Exército do país.

Em uma tentativa de dispersar a multidão, os soldados dispararam gás lacrimogêneo e balas de borracha. Como a estratégia não foi o suficiente, eles tiveram de abrir fogo contra os manifestantes, segundo as autoridades do país.

Funcionários de um hospital palestino que não se identificaram disseram que um palestino morreu vítima de disparos de arma de fogo. Não há informação sobre a sua identidade. O Exército de Israel diz que enviou reforços à Cisjordânia seguindo o que chamou de "novas avaliações de segurança".

A morte ocorre um dia após um palestino da cidade de Nablus, na Cisjordânia, ter esfaqueado e matado um soldado israelense de 20 anos em uma estação de trem lotada ao sul de Tel Aviv. Um outro palestino, por sua vez, esfaqueou três pessoas em um ponto de ônibus próximo a um assentamento, matando uma mulher de 25 anos e ferindo as outras vítimas.

A nova onda de violência ocorre em meio ao acirramento das tensões entre as duas etnias. Ambas estão em conflitos quase diários por um lugar sagrado de Jerusalém e como consequência da guerra na faixa de Gaza este ano, que deixou mais de 2,1 mil palestinos e 70 israelenses mortos: Fonte: Associated Press.

TAGS