PUBLICIDADE
Notícias

Casal cristão é morto por profanar o Corão

O casal foi morto e queimado o forno de tijolos em que trabalham. Os dois eram casados

10:18 | 04/11/2014

Um multidão enfurecida de muçulmanos matou nesta terça-feira, 4, um casal de cristãos no Paquistão e queimou seus corpos no forno de tijolos em que trabalhavam, depois da acusá-los de ter profanado uma cópia do Corão, informou a polícia.

O incidente aconteceu na cidade de Kot Radha Kishan, sudoeste de Lahore, e é o mais recente exemplo da violência contra minorias acusadas de blasfêmia neste país.

As vítimas foram identificadas apenas por seus prenomes, Shama e Shehzad, e os dois eram casados.

O chefe do governo de Punjab, Shahbaz Sharif, formou uma comissão de investigação e ordenou que a polícia reforce a segurança dos bairros cristãos da província.

A blasfêmia é uma questão delicada no Paquistão, e as acusações neste sentido, mesmo sem serem provadas, podem resultar em uma morte violenta.

 

AFP

TAGS