PUBLICIDADE
Notícias

Trio vence o Nobel de Medicina por "GPS interno" cerebral

Os vencedores de 2014 receberão o prêmio em uma cerimônia em Estocolmo no dia 10 de dezembro

07:52 | 06/10/2014

O cientista britânico-americano John O'Keefe e o casal norueguês May-Britt e Edvard I. Moser foram anunciados nesta segunda-feira, 6, como os vencedores do Prêmio Nobel de Medicina pela descoberta de um sistema de "GPS interno" no cérebro

"Este ano, os premiados descobriram um sistema de posicionamento, um 'GPS interno' no cérebro que torna possível que nos orientemos no espaço", anunciou o júri.

"A descoberta solucionou um problema exposto por filósofos e cientistas durante séculos, o de como o cérebro cria um mapa do espaço ao nosso redor e como nos movimentamos em um entorno complexo", destacou.

[SAIBAMAIS 2]

Em 1971, O'Keefe descobriu em ratos o primeiro componente do sistema de posicionamento: um tipo de célula nervosa situada no hipocampo - uma zona do cérebro - que era ativada a cada vez que o animal estava em um local determinado de um cômodo. Isto resultava na criação de um mapa do local no cérebro do rato.

Mais de três décadas depois, em 2005, May-Britt e Edvard Moser descobriram outra chave do "GPS" ao identificar outro tipo de célula nervosa que permite o posicionamento preciso e o traçado de itinerários.

Os vencedores dividirão igualmente o prêmop de oito milhões de coroas suecas (1,1 milhão de dólares, 881.000 euros).

No ano passado, o Nobel de Medicina foi atribuído a James E. Rothman, Randy W. Schekman e Thomas C. Suedhof, todos americanos, por trabalhos sobre como as células organizam o sistema de transporte.

Os vencedores de 2014 receberão o prêmio em uma cerimônia em Estocolmo no dia 10 de dezembro.

AFP

TAGS