PUBLICIDADE
Notícias

Resgate após erupção no Japão é interrompido

08:00 | 05/10/2014
As operações de resgate que se seguiram a uma erupção vulcânica na região central do Japão, ocorrida na semana passada, foram interrompidas neste domingo devido a chuvas que precedem a chegada de um tufão. Com isso, o número de mortos pela erupção permanece em 51 e 12 pessoas continuam desaparecidas.

Segundo a Agência Meteorológica do Japão, um violento tufão vai atingir terra firme no Japão no início desta segunda-feira. A expectativa é que o tufão Phanfone traga fortes ventos e chuvas a uma ampla área, aumentando as chances de deslizamentos no vulcão e de mais dificuldades para os esforços de resgate.

Os corpos de mais quatro pessoas foram localizadas ontem, uma semana depois que a inesperada erupção no Monte Ontake isolou alpinistas e lançou cinzas sobre um amplo território. Esse foi o caso mais grave de erupção no país desde 1926, quando o Monte Tokachi explodiu na ilha de Hokkaido, deixando 144 mortos.

Quase 1 mil policiais, bombeiros e soldados da força de autodefesa estavam envolvidos nas operações de resgate quando as buscas foram interrompidas por dois dias devido à aproximação do tufão. Fonte: Dow Jones Newswires.

TAGS