PUBLICIDADE
Notícias

NY: Petróleo recua após Arábia Saudita cortar preços

18:20 | 01/10/2014
A decisão da Arábia Saudita de reduzir os preços de seu petróleo derrubou as cotações da commodity no mercado internacional. Na New York Mercantile Exchange (Nymex), o petróleo fechou no menor valor desde abril de 2013, enquanto na Intercontinental Exchange (ICE), o Brent recuou ao patamar de junho de 2012.

O contrato para novembro negociado na Nymex encerrou o dia em queda de 0,47%, a cotado a US$ 90,73 por barril. Na ICE, o Brent para o mesmo mês baixou 0,54%, para US$ 94,16 por barril.

Durante quase toda a sessão, o petróleo operou em alta, impulsionado pela queda inesperada nos estoques dos EUA. O Departamento de Energia (DoE, na sigla em inglês) informou que na semana encerrada em 26 de setembro, os estoques de petróleo bruto caíram em 1,363 milhão de barris, para 356,635 milhões de barris, o menor nível em oito meses. Os analistas esperavam um aumento de 900 mil barris nos estoques.

Mas a notícia de que a Arábia Saudita decidiu promover novos cortes em seus preços, pelo quarto mês consecutivo, alterou o rumo dos negócios. Outro fator que pode ter contribuído para a mudança no humor dos investidores é o movimento de aversão a risco que tomou conta dos mercados nesta quarta-feira, após dados da economia dos EUA e da Europa acentuarem as dúvidas sobre o ritmo de crescimento global. O caso de ebola confirmado ontem nos EUA ajuda a ampliar o clima de incerteza no mercado. (Francine De Lorenzo, com informações da Dow Jones Newswires - francine.delorenzo@estadao.com)

TAGS