PUBLICIDADE
Notícias

EUA: soldados terão quarentena antes de irem para casa

13:50 | 29/10/2014
O secretário de Defesa norte-americano, Chuck Hagel, aprovou nesta quarta-feira uma recomendação de líderes militares para que todas as tropas dos Estados Unidos que atuam no oeste da África sejam submetidas a um período de quarentena. O isolamento previsto é de 21 dias - período máximo de incubação do vírus ebola.

Hagel afirmou que agiu em resposta à recomendação enviada pelo general do Exército Martin Dempsey, em nome dos chefes de cada um dos serviços militares. No documento, eles citaram diversos fatores para justificar o monitoramento, incluindo as preocupação das famílias de militares e das comunidades a que os soldados fazem parte. Pouco mais de mil soldados norte-americanos estão na Libéria e no Senegal dando suporte no combate à doença.

O secretário de Defesa também solicitou aos líderes militares que detalhem um plano para a supervisão em isolamento em até 15 dias. Eles também deverão conduzir uma revisão da estratégia após 45 dias. "Essa análise nos oferecerá uma recomendação sobre continuar ou não com o monitoramento controlado com base no que aprendemos e observamos dos primeiros grupos retornando da Operação", disse um porta-voz de Hagel.

A proposta vem na esteira de precauções tomadas pelo governo Obama para civis. Ainda assim, o presidente ressalta acreditar que a situação dos militares é bastante diferente, já que não estão no oeste da África por escolha própria, como voluntários. Fonte: Associated Press.

TAGS