PUBLICIDADE
Notícias

Emirados Arábes Unidos reagem a comentário de Biden

11:10 | 05/10/2014
Os Emirados Árabes Unidos disseram neste domingo que querem "um esclarecimento formal" sobre um comentário recente do vice-presidente norte-americano, Joe Biden, de que aliados dos EUA no Oriente Médio enviaram armas e dinheiro para combatentes extremistas na Síria.

Biden já se desculpou à Turquia pelo comentário, que foi feito na última quinta-feira, durante uma sessão de perguntas e respostas na Universidade de Harvard, em Cambridge, Massachusetts.

Na ocasião, Biden disse que "nosso maior problema são os aliados", que apoiam grupos militantes numa guerra contra o presidente da Síria, Bashar Assad. Ele citou especificamente a Turquia, a Arábia Saudita e os Emirados Árabes Unidos.

"O que eles fizeram? Eles despejaram centenas de milhões de dólares e dezenas de toneladas de armas sobre qualquer um que lutasse contra Assad", disse Biden, referindo-se a organizações extremistas como o Estado Islâmico (EI) e a Frente al-Nusra, ligada à rede Al-Qaeda.

A agência oficial de notícias dos Emirados Árabes Unidos divulgou um comunicado do ministro de Relações Exteriores, Anwar Gargash, dizendo que o comentário de Biden está "longe da verdade". Fonte: Associated Press.

TAGS