PUBLICIDADE
Notícias

Bolsas asiáticas fecham em alta após anúncio do BoJ

08:10 | 31/10/2014
As bolsas asiáticas fecharam em alta nesta sexta-feira, após o Banco do Japão (BoJ, na sigla em inglês) surpreender os mercados ao ampliar seu programa de estímulos monetários. Numa decisão inesperada, o BoJ decidiu expandir suas compras anuais de ativos para 80 trilhões de ienes, de uma faixa anterior de 60 trilhões de ienes a 70 trilhões de ienes.

Também contribuiu para a melhora do sentimento do investidor na Ásia o desempenho mais forte que o esperado do Produto Interno Bruto (PIB) dos EUA, que cresceu a uma taxa anual de 3,5% no terceiro trimestre, ante uma previsão de aumento de 3,1%.

Na China continental, o índice Xangai Composto subiu 1,22%, a 2.420,18 pontos, atingindo o maior nível desde 18 de fevereiro de 2013. O volume totalizou 249,9 bilhões de yuans (US$ 40,9 bilhões), o maior desde novembro de 2010. Na semana, o Xangai teve ganho de 5,1%, o mais expressivo desde fevereiro de 2013. Nos últimos seis meses, a valorização acumulada do índice é de 19%.

O Shenzhen Composto, que acompanha empresas chinesas menores, teve avanço modesto de 0,1%, a 1.350,50 pontos.

Em Hong Kong, o índice Hang Seng saltou 1,3%, a 23.998,06 pontos, e em Taiwan, o Taiex subiu 1%, a 8.974,76 pontos. O índice sul-coreano Kospi teve ganho de 0,28%, a 1.964,43 pontos, enquanto o filipino PSEi avançou 0,62% em Manila, a 7.215,73 pontos, e o FTSE Straits Times, de Cingapura, garantiu forte ganho de 1,23%, a 3.274,25 pontos.

Na Oceania, a bolsa australiana também foi impulsionada pela notícia do BoJ e pelo bom desempenho das ações em Nova York após o dado do PIB norte-americano. O índice S&P/ASX 200, de Sydney, subiu 0,9%, a 5.526,60 pontos. Na semana, o índice australiano mostrou valorização de 2,1% e alcançou o maior nível em mais de seis semanas. (Sergio Caldas, com informações da Dow Jones Newswires - sergio.caldas@estadao.com)

TAGS