PUBLICIDADE
Notícias

Agência suíça autoriza testes de vacina contra ebola

08:50 | 28/10/2014
A agência suíça que regula novos medicamentos, a Swissmedic, informou, nesta terça-feira, que aprovou a aplicação de testes clínicos de uma vacina experimental contra ebola no Hospital Universitário de Lausanne. A autoridade disse que o teste será conduzido entre 120 voluntários com apoio da Organização Mundial da Saúde (OMS). Inicialmente, a vacina deve ser administrada em profissionais de saúde voluntários que serão enviados ao oeste da África para combater a epidemia de ebola.

Em um comunicado, a agência governamental baseada em Berna disse que os testes na Suíça dão continuidade a série de testes clínicos que começaram nos Estados Unidos, no Reino Unido e em Mali, usando uma vacina baseada num adenovírus geneticamente modificado de chimpanzé.

Não há medicamentos ou vacinas comprovadas contra o ebola, principalmente porque a doença até então era rara e costumava ser difícil atrair financiamento para pesquisas neste sentido. Com a propagação da epidemia, os governos e empresas tem deslocado milhares de dólares para combater a doença na África Ocidental. Segundo a OMS, duas vacinas potenciais emergiram nos últimos meses.

A vacina aprovada para testes pela Swissmedic foi desenvolvida pelo Instituto Nacional de Saúde dos EUA e pela empresa GlaxoSmithKline. O medicamento foi financiado pela GSK e pelos governos dos EUA e Reino Unido. A companhia informou que será capaz de produzir cerca de 1 milhão de doses da vacina por mês até o final de 2015.

A outra vacina foi licenciada por uma pequena farmacêutica dos EUA, a NewLink Genetics, e foi desenvolvida inicialmente pela Agência Pública de Saúde do Canadá. O medicamento foi enviado para o Instituto de Pesquisas do Exército Walter Reed para ser testado em voluntários saudáveis, com resultados preliminares de segurança esperados para dezembro. Fonte: Associated Press.

TAGS