PUBLICIDADE
Notícias

Enchentes no sudoeste chinês matam 44 pessoas

10:50 | 06/09/2014
As enchentes no sudoeste da China na última semana deixaram 44 mortos e 18 desaparecidos, além de provocar grandes danos a moradias e plantações, informou neste sábado o Ministério de Assuntos Civis.

As chuvas que tiveram início em 31 de agosto provocaram grande destruição nas províncias de

Sichuan e Guizhou, assim como na metrópole de Chongqing, onde foram registradas 43 das mortes e todos os desaparecimentos.

Segundo o Ministério, 121.700 pessoas foram removidas temporariamente para abrigos. As casas que desabaram ou ficaram seriamente danificadas chegam a 42 mil e as estimativas indicam que os danos somam 3,3 bilhões e yuan (US$ 534 milhões).

O terreno montanhoso do sudoeste chinês aumenta as chances de deslizamentos de terra quando o solo fica encharcado.

Chuvas sazonais provocam grandes enchentes em toda a China todos os anos. A pior dos últimos anos foi em 1998, quando 4.150 pessoas morreram, a maioria ao longo o rio Yangtzé.

A enorme barragem de Três Gargantas contém em grande parte da enchentes do Yangtzé, mas o problema persiste em outras partes do país. Fonte: Associated Press.

TAGS