PUBLICIDADE
Notícias

Novo premiê turco anuncia governo de continuidade

17:10 | 29/08/2014
O novo primeiro-ministro da Turquia, Ahmet Davutoglu, renomeou todos os principais ministros que já serviam ao presidente recém eleito, Recep Tayyip Erdogan, definindo o rumo da continuidade para o novo governo. Erdogan, que domina a política turca há mais de uma década, tomou posse como o primeiro presidente popularmente eleito do país na quinta-feira. Ele nomeou o ex-ministro das Relações Estrangeiras e aliado fiel Davutoglu para sucedê-lo como premiê e pediu que ele formasse um novo governo imediatamente.

O novo premiê não realizou mudanças substanciais no antigo governo, mantendo a maior parte de seus ministros nos cargos. Ele nomeou Yalcin Akdogan - ex-conselheiro chefe de Erdogan e seu aliado mais próximo - como vice-primeiro-ministro.

Mevlut Cavusoglu, um ministro cuja função anterior era negociar a adesão da Turquia à União Europeia, assumiu o ministério das Relações Exteriores no lugar de Davutoglu. O ex-diplomata Volkan Bozkir vai substituir Cavusoglu como ministro das relações com a UE.

Ali Babacan, um respeitado vice-ministro encarregado da economia, continua no cargo, o que deve acalmar os mercados financeiros. Numan Kurtulmus, uma autoridade de alto escalão do partido governista e economista, também foi promovido a segundo vice-primeiro-ministro.

Erdogan indicou que gostaria de transformar a presidência, um cargo que na Turquia tem funções amplamente cerimoniais, em uma posição de mais poder. Ele já afirmou que quer usar poderes presidenciais poucas vezes utilizados na história turca como a possibilidade de convocar reuniões do Congresso, o que permitiria que ele continuasse envolvido no comando do governo. Fonte: Associated Press.

TAGS