PUBLICIDADE
Notícias

Menino que coleciona fotos de Fidel é recebido em casa pelo comandante

O menino visitou a casa do ex-presidente, um privilégio apenas para dirigentes estrangeiros

14:55 | 27/08/2014
NULL
NULL

Um menino de oito anos que coleciona fotos e livros de Fidel Castro virou celebridade nos meios de comunicação locais depois que o líder cubano o convidou para visitar sua casa, um privilégio reservado até agora apenas a dirigentes estrangeiros.

O pequeno Marlon Méndez Cabrera foi o primeiro cubano convidado para a casa do ex-presidente de 88 anos, que - segundo a imprensa - o quis conhecer ao saber de seu passatempo incomum, que levou o menino a colar nas paredes de seu quarto mais de 230 fotos de Fidel.

Enquanto governou a ilha durante quase meio século, Fidel gostava de ser visto cercado por crianças, mas nunca convidou um cubano comum para sua casa.

"Fiquei muito emocionado em vê-lo. Ele abraçou toda minha família", contou Marlon, que fez a visita usando uniforme militar parecido com o que Fidel usava até que deixou o poder em 2006 por razões de saúde.

"Ele estava muito bem. Conversamos muito", contou o pai do menino, Yusley Méndez, de 32 anos.

Fidel Castro estava em casa com a esposa, Dalia Soto del Valle, a quem muitos poucos cubanos conhecem, e dois de seus filhos, Antonio e Alex, além de alguns netos e bisnetos, contou ainda.

O líder comunista falou sobre vários temas durante a visita que durou duas horas e meia.

A família Méndez vive em uma casa humilde de San Antonio de los Baños, uma localidade agrícola no sudoeste de Havana.

A visita aconteceu em 16 de agosto, mas os canais de tv locais informaram a respeito mais recentemente, o que transformou Marlon em uma celebridade.

Fidel autografou para Marlon seu livro "A vitória estratégica" e presenteou o menino com 36 fotos do encontro, tiradas por seu filho fotógrafo, Alex Castro.

 

AFP

TAGS