PUBLICIDADE
Notícias

Adolescente que vive em Gaza compartilha terror da guerra no Twitter

Perfil da jovem @Farah_Gazan já tem cerca de 200 mil seguidores. Os posts mostram a realidade crua de uma zona de conflito, com vídeos de bombas, mísseis e explosões

15:00 | 26/08/2014
NULL
NULL

Uma jovem palestina de apenas 16 anos é um novo fenômeno do Twitter e já virou trending topics nas últimas semanas. Mas ao contrário de outras “celebridades”, o que atraem os seguidores de Farah são relatos de guerra na Faixa de Gaza, contados com a sensibilidade de quem vive a realidade do conflito.

“Meu nome é Farah Baker e eu posso morrer esta noite” foi o tweet que trouxe os olhares da comunidade internacional para o perfil de @Farah_Gazan. Depois do pontapé, Farah comenta os seus dias com fotos e vídeos da janela de seu quarto e tem se comunicado com várias agências de notícias.

[SAIBAMAIS 2] “Estou tentando mostrar ao mundo como me sinto e o que está acontecendo onde eu moro”, explicou em entrevista à Reuters. Para a garota, os comentários na rede social servem para mostrar como os palestinos se sentem todos os dias, ou seja, a beira da morte. “Não temos abrigo, carros são queimados e dormimos com explosões e sirenes”, completa.

Alguns posts de Farah alcançam mais de 10 mil compartilhamentos e incluem, em sua maioria, estrondos e luzes de bombas, mísseis e gritos. Em outros, ela pode até se mostrar esperançosa: “Meu nome é Farah, que significa felicidade em inglês. Eu espero sentir meu nome hoje #Gaza”.

[VIDEO1] 

Redação O POVO Online

TAGS