PUBLICIDADE
Notícias

Viúva diz que cartão de crédito de vitima foi usado após acidente

Segundo Reine Dalziel, que era casada com Cameron Dalziel, os cartões estavam sendo usados para compras, mesmo após o acidente

19:42 | 24/07/2014
NULL
NULL
A mulher de uma das vítimas do vôo MH17 afirmou que teve que cancelar os cartões de crédito de seu marido. Segundo Reine Dalziel, que era casada com Cameron Dalziel, os cartões estavam sendo usados para compras, mesmo após a queda do avião.

O irmão de Reine, Shane Hattingh, ela teria ficado chocada ao perceber que os cartões estavam sendo usados. Em entrevista à emissora americana CNN, Shane disse que “as pessoas estão abusando na Ucrânia”.

[SAIBAMAIS4]“Eles não têm nenhum respeito uns pelos outros, olhe o que estão fazendo. Não é uma surpresa que eles estejam tratando os pertences das vítimas desse jeito”, declarou o irmão da viúva.

Cameron Dalziel era piloto de helicóptero. Nascido na África do Sul e com cidadania britânica, ele e a família haviam se mudado para a Malásia recentemente.

No dia seguinte ao acidente, o assessor do governo de Kiev, Anton Garashchenko, pediu aos parentes das vitimas que cancelassem cartões de créditos “para que não percam dinheiro para os terroristas". Gerashchenko afirmou que dinheiro, jóias, objetos pessoais e até cartões de créditos das 298 vítimas do voo MH17 da Malaysia Airlines estavam sendo saqueados na área controlada por rebeldes pró-Rússia.

"Temos informações de que terroristas saqueadores estão coletando não apenas dinheiro e joias dos passageiros do Boeing mortos, como também os cartões de crédito das vítimas", disse Anton Gerashchenko.

Redação O POVO Online

TAGS