PUBLICIDADE
Notícias

Merkel reitera apoio a Juncker para a presidência da Comissão Europeia

08:39 | 10/06/2014
Mas chanceler federal alemã diz que comando do braço executivo da UE não é tema central de encontro com David Cameron e governantes da Holanda e da Suécia. A chanceler federal alemã, Angela Merkel, reafirmou nesta terça-feira (10/06), na Suécia, o seu apoio à candidatura do luxemburguês Jean-Claude Juncker à presidência da Comissão Europeia. Merkel está desde segunda-feira no país nórdico, onde se reuniu com o chefe de governo holandês, Mark Rutte, o primeiro-ministro britânico, David Cameron, e o primeiro-ministro sueco, Fredrik Reinfeldt. O encontro ocorreu em Harpsund, na casa de campo do governo da Suécia. De acordo com a chanceler, a candidatura do luxemburguês não foi o tema central do encontro. "Eu já disse que, para mim, Jean-Claude Juncker é o candidato para o cargo de presidente da Comissão. Já afirmei isso na Alemanha e também diria aqui, mas o assunto não foi o foco da nossa pauta", disse Merkel. Cameron é um forte opositor da candidatura de Juncker, de 59 anos, do Partido Popular Europeu (PPE), dono da maior bancada no Parlamento da UE. O britânico prefere um candidato mais aberto a reformas que reduzam o poder de Bruxelas sobre os Estados-membros. "Eu quero que o Reino Unido permaneça numa União Europeia reformada. Esse é o meu objetivo, é o que considero o melhor para o Reino Unido e também para a Europa", declarou Cameron. Pouco depois das eleições europeias, Cameron já havia afirmado que, caso Juncker seja escolhido presidente da Comissão, ele não poderia garantir que o Reino Unido continuaria a ser um membro da UE. O primeiro-ministro britânico também prometeu um referendo sobre a permanência do Reino Unido na UE caso seja reeleito. Reifeldt e Rutte não assumiram uma posição pública a favor ou contra Juncker. BWS/rtr/dpa/afp

TAGS