PUBLICIDADE
Notícias

Coreia do Norte testa mísseis apesar de proibição da ONU

11:21 | 29/06/2014
Apesar da proibição por parte das Nações Unidas, país continua testando armamentos. Governo norte-coreano afirmou que lançamento faz parte de operações de rotina. Japão quer exigir cumprimento das resoluções da ONU. A Coreia do Norte lançou de sua costa leste neste domingo (29/06) dois mísseis de curta distância. Com a ação, o país viola as disposições das Nações Unidas que o proibia de possuir e testar esse tipo armamento militar. Segundo o Ministério da Defesa da Coreia do Sul, os mísseis foram lançados com dois minutos de diferença, e partiram de uma localidade próxima a Wonsan em direção ao mar. Provavelmente, foram mísseis balísticos do tipo Scud com alcance de 500 quilômetros, informou um porta-voz do ministério. O Ministério do Exterior norte-coreano, por sua vez, confirmou o lançamento dos mísseis e afirmou que a ação faz parte de operações militares de rotina e não tem objetivo de influenciar a reunião programada para a terça-feira com o Japão. Mas, o ministro do Exterior japonês, Fumio Kishida, afirmou que o teste de mísseis está na pauta do encontro. "Nós precisamos exigir que a Coreia do Norte cumpra as resoluções do Conselho de Segurança da ONU e outros acordos", disse o ministro. A ONU impôs sanções ao país, porque mesmo com a proibição Pyongyang continua testando mísseis e trabalhando na construção de armas nucleares. Há três dias, a Coreia do Norte já havia lançado outros mísseis em direção ao mar. CN/rtr/dpa

TAGS