PUBLICIDADE
Notícias

Gazprom diz que fornecimento à Europa não está ameaçado

13:20 | 25/04/2014
A estatal russa Gazprom não deixará de fornecer gás aos seus clientes europeus, mesmo que a Ucrânia não pague sua dívida, que deve alcançar US$ 3,5 bilhões no próximo mês, disse hoje o vice-presidente da companhia, Alexander Medvedev. Ele frisou, porém, que não pode garantir que o fornecimento de gás chegará aos clientes.

"Vamos fornecer o gás de acordo com nossos contratos. Não temos outro interesse além de cumprir nossos compromissos. Somos fortemente dependentes da receita com a Europa", afirmou. "Então é uma questão de se a Ucrânia vai cumprir o contrato de trânsito e entregar o gás na sua fronteira."

Sob os termos do contrato da Gazprom com a estatal ucraniana Naftogaz, a falta de pagamento em maio pode provocar a exigência da companhia russa por pagamentos antecipados para futuros fornecimentos de gás. Segundo Medvedev, se a Ucrânia não pagar antecipadamente pelo gás, então o fornecimento será cortado. Fonte: Dow Jones Newswires.

TAGS