PUBLICIDADE
Notícias

Fábrica russa de queijo onde funcionários se banharam em tanque de leite é investigada

Investigação por violação de normas sanitárias foi aberta; diretores da fábrica podem pegar até 2 anos de prisão

08:52 | 04/04/2014
NULL
NULL
A Rússia anunciou nesta sexta-feira, 4, que abriu uma investigação por violação de normas sanitárias, depois que foram divulgadas na internet fotos de funcionários de uma fábrica de queijo se banhando em um tanque de leite.

A fábrica de queijo de Omsk, na Sibéria, fechada desde a publicação das fotos de seis funcionários nus e seminus em um tanque de leite, violou "de maneira flagrante as normas sanitárias e epidemiológicas", indicou o Comitê de Investigação russo em um comunicado.

"Já foi constatado que o líquido no qual os funcionários da fábrica aparecem se banhando era leite utilizado para fabricar queijo", afirmou o Comitê.

Em uma das fotos publicadas na rede social VKontakte, um dos seis funcionários aparece de cueca. Na legenda escreveu: "Na verdade nosso trabalho é muito chato".

"No ano atual foram vendidas em 14 cidades russas mais de 49 toneladas de produtos desta empresa", afirma o Comitê de Investigação, que pede aos cidadãos que apontem possíveis intoxicações.

Os diretores da fábrica podem ser condenados a dois anos de prisão se forem considerados culpados de produzir alimentos impróprios para o consumo.

AFP

TAGS