PUBLICIDADE
Notícias

Candidata à presidência da Ucrânia apoia entrada na Otan

14:50 | 26/04/2014
26/04/2014 - A ex-primeira ministra da Ucrânia, Yulia Tymoshenko, defendeu a entrada do país na Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) como forma de proteção às agressões russas. A política, que está concorrendo para as eleições presidenciais, em 25 maio, considerou que, embora apenas uma minoria dos ucranianos tenha apoiado a adesão do país à Otan em ocasiões anteriores, as ações agressivas da Rússia no leste da Ucrânia forçaram uma "mudança fundamental no pensamento" público.

"Com sua guerra contra nós, (o presidente russo, Vladimir) Putin foi capaz de mudar a mentalidade dos ucranianos, nos fazendo tomar uma direção estratégica diferente. A Otan é a melhor escolha para a Ucrânia", afirmou Yulia em entrevista à agência de notícias Associated Press. Essa é a primeira vez que a atual candidata e líder do partido de oposição apoia publicamente a adesão do país à Otan. Fonte: Associates Press.

TAGS