PUBLICIDADE
Notícias

UE diz que não há garantia de acordo final com Irã

08:10 | 09/03/2014
A chefe da diplomacia da União Europeia (UE), Catherine Ashton, disse neste domingo que "não há garantia" de que as negociações sobre o programa nuclear entre Irã e as potências mundiais resultarão em um acordo final. Nos termos do acordo interino anunciado em novembro, Teerã se comprometeu a limitar as operações de enriquecimento de urânio em troca da redução das sanções impostas pelo Ocidente.

"Acho que esse acordo interino é realmente importante, mas não tão importante quanto um acordo mais abrangente em que estamos trabalhando. É difícil, desafiador, não há garantia de que teremos êxito", afirmou a repórteres em Teerã, onde se reuniu com as autoridades iranianas, incluindo o ministro de Relações Exteriores, Mohammad Javad Zarif.

As negociações para um pacto final estão em andamento. A chefe da diplomacia europeia lidera um grupo de seis nações - Estados Unidos, Grã-Bretanha, França, Rússia, China e Alemanha, nas conversas com o Irã.

Zarif disse que Teerã só aceitará um acordo que respeite os seus "direitos", em uma referência ao enriquecimento de urânio em seu território, e reiterou que o país não busca armas nucleares. "O Irã só aceitará uma solução que seja respeitosa, que respeite os direitos do povo iraniano", afirmou o ministro. "Ao mesmo tempo, é do nosso interesse certificar que não haja ambiguidades quanto às intenções do Irã, porque não pretendemos buscar armas nucleares."

Catherine Ashton e Zarif disseram que também discutiram o combate ao terrorismo, tráfico de drogas e os conflitos no Afeganistão e na Síria. O Irã é um importante aliado do presidente sírio, Bashar Assad. Fonte: Associated Press.

TAGS