PUBLICIDADE
Notícias

UE anuncia sanções e faz novo alerta à Rússia

21:10 | 20/03/2014
A União Europeia anunciou sanções contra mais 12 indivíduos relacionados à anexação da região ucraniana da Crimeia pela Rússia, levando o total de sanções a 33 pessoas.

O bloco ainda não divulgou a lista de nomes, que sofrerão proibições de viagens e congelamento de ativos, mas o presidente da União Europeia, Herman Van Rompuy, declarou que essa nova rodada de sanções inclui altos funcionários do governo russo. Ele também declarou que todos os encontros com a Rússia estão cancelados.

Além dessa segunda rodada de sanções, Rompuy ordenou que a Comissão Europeia prepare novas medidas contra a Rússia. José Manuel Durão Barroso, presidente da Comissão Europeia, seguiu o mesmo tom e alertou que qualquer passo adicional da Rússia implicará em sanções mais amplas. Rompuy também disse que o acordo de associação da Ucrânia será assinado amanhã.

O anúncio é semelhante ao realizado pelos EUA, que mais cedo anunciaram uma nova rodada de medidas contra os russos e afirmaram que poderão impor sanções sobre importantes setores da economia se for necessário. Em retaliação, a Rússia proibiu nove autoridades norte-americanas de viajarem para a Rússia, incluindo nomes como o do presidente da Câmara dos Representantes, John Boehner, e do senador republicano John McCain. Fonte: Associated Press e Dow Jones Newswires.

TAGS