PUBLICIDADE
Notícias

Rússia pode ter pior crescimento em uma década

09:10 | 27/03/2014
A economia da Rússia está a caminho de apresentar sua pior taxa de crescimento em uma década, à medida que sanções impostas pelo Ocidente aceleram a saída de capital e dificultam os investimentos, disseram hoje autoridades de Moscou.

A recente anexação por Moscou da região ucraniana da Crimeia levou EUA e União Europeia a anunciar sanções a autoridades russas de alto escalão, pressionando os mercados acionário e de câmbio da Rússia.

Segundo o ministro de Economia russo, Alexei Ulyukayev, a Rússia já perdeu cerca de US$ 60 bilhões no primeiro trimestre e a saída líquida de capital pode chegar a US$ 100 bilhões em 2014. Nesse ritmo, o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) deve se desacelerar para 0,6%, disse Ulyukayev.

O ex-ministro de Finanças Alexei Kudrin, por sua vez, previu que a saída de capital pode chegar a US$ 150 bilhões este ano, o que resultaria em expansão econômica não superior a 0,5%.

Ulyukayev, porém, acredita que a Rússia possa crescer até 1,8% se a fuga de capital diminuir.

Ontem, o Banco Mundial alertou que a escalada da crise na Ucrânia pode levar a economia russa a ter contração este ano e gerar forte fuga de capitais.

O vice-primeiro-ministro russo, Igor Shuvalov, disse que o governo começou a elaborar um plano de contingência para minimizar o impacto das sanções antes mesmo do início da crise, mas não forneceu mais detalhes. Fonte: Dow Jones Newswires.

TAGS