PUBLICIDADE
Notícias

China prevê 60% da população nas cidades até 2020

01:50 | 17/03/2014
O Conselho Estatal da China, que é o gabinete do governo, aprovou o plano de urbanização que tem como objetivo alcançar a marca de 60% da população morando nas cidades até 2020, de 52,6% no final de 2012.

O aguardado documento foi publicado no site do governo central no fim do domingo. Para alcançar esse objetivo, a China irá afrouxar principalmente nas cidades pequenas as restrições no registro de famílias, conhecido como sistema hukou, que atualmente limita o movimento entre as áreas urbana e rural.

Algumas cidades de pequeno porte já têm aliviado os controles nesse sistema, que também conecta os benefícios ao status residencial da família, para atrair mais trabalhadores rurais. No entanto, os esforços foram apenas parcialmente bem sucedidos, já que muitos preferem se mudar para cidades grandes em busca de melhores oportunidades de emprego e serviços públicos de qualidade superior.

Mesmo assim, o plano projeta que apenas 45% da população terá os direitos totais de moradores urbanos, necessários para o recebimento de benefícios estatais como pensão e cobertura médica. Em 2012, a taxa era de 35,3%.

O documento também afirmou que o governo planeja expandir a cobertura do bem-estar social e reduzir os custos de pagamento da segurança social, mas não forneceu nenhum detalhe adicional.

As autoridades ainda permitirão que municípios emitam bônus municipais e aumentem os impostos sobre o setor imobiliário para aumentar as receitas necessárias para arcar com os custos da urbanização. Fonte: Dow Jones Newswires.

TAGS