PUBLICIDADE
Notícias

Kerry pressiona China para reduzir controle da internet

09:40 | 15/02/2014
O Secretário de Estado norte-americano, John Kerry, disse neste sábado que pediu a líderes chineses apoio à liberdade na internet. Kerry ainda se comprometeu a investigar se empresas americanas ajudam Pequim a impedir o acesso de usuários a conteúdos na web.

"Obviamente, acreditamos que a economia chinesa vai ficar mais forte com maior liberdade na internet", declarou em uma reunião com blogueiros logo após as conversas com lideranças chinesas. Kerry se encontrou com o presidente da China, Xi Jinping, e outras autoridades para reforçar o comprometimento do governo Obama em concentrar esforços da política externa americana na Ásia. Ele ainda pediu a Pequim que pressionasse a Coreia do Norte para retomar conversas sobre o desarmamento nuclear.

EUA e China também se comprometeram a colaborar de maneira mais intensa no combate às mudanças climáticas. Em um posicionamento conjunto, os países disseram que concordaram com passos para levar adiante compromissos contra a emissão de gases estufa. As medidas incluem redução de emissão de poluentes por veículos e melhoria de eficiência energética nas construções.

Os dois países são os maiores emissores de dióxido de carbono e outros gases estufa. Pequim e Washington já haviam lançado um grupo de trabalho sobre o tema no ano passado. Eles prometeram progresso em cinco áreas: emissão de gases, avanços no fornecimento de energia, captura e armazenamento de emissões, estudo de dados sobre gases estufa e eficiência nas construções. Fonte: Associated Press.

TAGS