PUBLICIDADE
Notícias

Egito muda conselhos de segurança e militares

17:40 | 27/02/2014
O presidente interino do Egito, Adly Mansour, reformulou o principal conselho militar do país nesta quinta-feira e nomeou o chefe militar da nação como seu líder. O decreto de Mansour faz parte de uma série de medidas relacionadas com a reorganização do quadro de segurança e militar do país quase dois meses antes das eleições presidenciais.

A alteração coloca o chefe militar Abdel-Fattah el-Sissi como responsável do conselho militar conhecido como o Conselho Supremo das Forças Armadas. Quem substituir el-Sissi, que terá renunciar para concorrer à Presidência, será chefe do conselho.

Mansour também criou um novo Conselho de Defesa Nacional para aproximar comandantes militares e ministros civis nas decisões sobre as principais questões de segurança do país, em linha com a recém-aprovada Constituição do Egito.

Ele assinou ainda outro decreto afirmando que o ministro da Defesa não pode vir de fora das Forças Armadas e ficará no cargo por dois mandatos presidenciais.

Um outro decreto emitido Mansour faz com que o Conselho de Defesa Nacional passe a ter 13 membros, seja presidido pelo presidente e inclua o primeiro-ministro, chefes de inteligência, o chefe do parlamento, entre outros. Esse conselho discutirá o orçamento secreto das Forças Armadas e tratados relacionados à segurança. Fonte: Associated Press.

TAGS