PUBLICIDADE
Notícias

China revela plano de combate à corrupção

16:10 | 24/02/2014
O primeiro-ministro da China, Li Keqiang, anunciou um novo plano de combate à corrupção no país. Segundo a autoridade, os amplos poderes de regulação do governo sobre mercados e empresas são um dos principais fatores que levam a corrupção no país. A autoridade disse que as licitações para projetos de construção, compras governamentais e a concessão de uso da terra e direitos de mineração são áreas particularmente propensas à corrupção.

Esse processos precisam ser padronizados de uma forma melhor neste ano e "os quadros de dirigentes não devem se intrometer", disse Li em uma reunião do Conselho de Estado, o gabinete chinês, no dia 11 de fevereiro.

Somente trechos das comentários do premiê foram publicadas na época. A versão mais completa de suas observações foi divulgada neste domingo pela agência oficial de notícias Xinhua (em chinês). Embora nenhuma explicação tenha sido dada para o intervalo de tempo, as observações de Li desenharam um cenário amplo de esforços anticorrupção do governo para este ano.

Li disse também que uma abertura e uma supervisão pública mais amplas são necessárias para combater a corrupção. "A abertura é a medida de combate à corrupção mais poderosa", disse Li em suas observações. Ele prometeu uma maior transparência sobre o orçamento e os gastos do governo. Fonte: Dow Jones Newswires.

TAGS