PUBLICIDADE
Notícias

Argentina: 9 mortos em incêndio de depósito de arquivo

14:00 | 05/02/2014
Um depósito de arquivos de diferentes companhias em Buenos Aires se incendiou, nesta manhã, e matou nove pessoas, entre elas sete bombeiros, incluindo o chefe do destacamento, e dois agentes da Defesa Civil. Sete pessoas se encontram em estado grave. "Estamos fazendo uma contagem de todo o pessoal e revisando os escombros para ver se há mais vítimas", disse o secretário de Segurança, Sergio Berni. Segundo ele, alguns feridos "estão lutando por sua vida".

A empresa Iron Mountain funcionava em um enorme galpão, que ocupava praticamente uma quadra inteira, no bairro portenho de Barracas. O voraz incêndio começou às 9h15 horas (de Brasília) e provocou o desmoronamento de quatro paredes de sete metros de altura sobre os bombeiros que tentavam aplacar o fogo. A maioria das vítimas morreu no local por causa do desabamento, segundo informou o titular do Serviço Médico de Emergência (SAME), Alberto Crescente. O governo argentino decretou dois dias de luto nacional. As causas do incêndio ainda estão sendo investigadas.

Depois do desmoronamento da primeira parede, toda a equipe de bombeiros tentou trabalhar rapidamente para resgatar os colegas, quando caíram as outras três paredes. As cenas eram de angústia e desespero. O depósito incendiado tinha habilitação de funcionamento desde 8 de novembro de 2007, segundo a Prefeitura de Buenos Aires.

A Iron Mountain é especializada na administração de arquivos, proteção de dados e destruição de informação de diferentes companhias, como bancos, telefônicas e petrolíferas. Um vídeo institucional da empresa afirma que seus depósitos têm "total proteção contra incêndios".

TAGS