PUBLICIDADE
Notícias

Polícia britânica se desculpa por morte em manifestação

08:04 | 05/08/2013
A polícia metropolitana de Londres pediu desculpas pela morte de um vendedor de jornais durante uma manifestação em uma reunião do G-20 em 2009. Segundo as autoridades, a polícia também chegou a uma acordo com a família da vítima.

O policial Simon Harwood atingiu Ian Tomlinson, de 47 anos, com um cassetete e o jogou no chão quando o vendedor de jornais tentou violar um cordão de isolamento colocado para segurar os manifestantes. Tomlinson desmaiou e morreu momentos depois.

A Scotland Yard disse, nesta segunda-feira, que um acordo fora do tribunal foi alcançado ao reconhecer "o sofrimento que Julia Tomlinson e a família têm suportado com dignidade ao longo dos últimos quatro anos".

A polícia não forneceu detalhes sobre o acordo.

Em um comunicado, o vice-comissário assistente, Maxine de Brunner, se responsabilizou totalmente pelas ações de Harwood e pediu desculpas pelo uso de força excessiva. Fonte: Associated Press.

TAGS